Blog Lynaldo Cavalcanti

Instituto Mamirauá lança projeto que usa energia solar para inclusão digital de jovens

16

jun

2016

O Instituto Mamirauá lançou o projeto “Energia solar para inclusão digital” para capacitar jovens em tecnologias da informação e da comunicação com o uso da energia solar fotovoltaica. Selecionado por edital do Instituto Cooperforte, o projeto é financiado pela empresa chinesa de equipamentos para redes e telecomunicações Huawei. Serão oferecidas 30 vagas, em duas turmas.

“Esperamos que o efeito demonstrativo do uso de fontes renováveis para inclusão digital crie condições de ampliação do uso dessa tecnologia, por meio de políticas públicas, a outras regiões da Amazônia”, disse Francisco de Freitas Júnior, responsável pelo projeto.

Uma turma será realizada na sede do Instituto Mamirauá, em Tefé (AM). Dela, participarão jovens ligados à Colônia de Pescadores de Tefé Z-4. Os cursos da segunda turma serão realizados na Casa das Mulheres Artesãs do Setor Coraci, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, no município de Maraã (AM). Os jovens terão aulas sobre formação para a cidadania, informática básica, manutenção de computadores e curso básico de sistemas fotovoltaicos.

Para a realização do curso na Reserva Amanã, um ponto de internet via rádio será instalado na comunidade São João do Ipecaçu.

Fonte: Instituto Mamirauá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *